Botafogo-PB enfrenta Bahia pela semifinal da Copa do Nordeste

Em caso de empate nos 90 minutos, o embate vai ser decidido nos pênaltis. (Foto: Reprodução)

Bahia e Botafogo-PB entram em campo às 21h30 deste sábado (25), pela semifinal da Copa do Nordeste. A partida vai acontecer no estádio de Pituaçu, com arquibancadas vazias, já que, por ora, todas as partidas de futebol em território brasileiro seguem sem permissão à entrada de torcedores, em virtude da pandemia do novo coronavírus. 

Em caso de empate nos 90 minutos, o embate vai ser decidido nos pênaltis. Quem avançar neste confronto enfrenta, na fase posterior, o vencedor do duelo entre Confiança e Santa Cruz.

Dividido entre a Copa do Nordeste e o Campeonato Baiano, o Bahia entrou em campo com o seu time principal e venceu o Náutico por 4 a 1, na rodada final da primeira fase do Nordestão. No dia seguinte, porém, um misto entre reservas e jogadores que atuaram menos de 45 minutos enfrentou o Bahia de Feira, pelo Baianão, e acabou sendo derrotado por 1 a 0.

Com as atenções totalmente voltadas a cavar uma vaga entre os quatro melhores do torneio regional, o Bahia deve entrar em campo com o seu sinal de alerta ligado para não ser surpreendido novamente na temporada. Eliminado na primeira fase da Copa do Brasil pelo River-PI, o Tricolor de Aço quer voltar a mostrar a força do elenco em partidas de mata-mata. Para isso, a equipe baiana conta com o bom retrospecto dos últimos jogos em que entrou em campo com a sua formação principal, que já não perde há seis jogos.

Por outro lado, com o objetivo de chegar às quartas de final alcançado, o Botafogo-PB respira mais aliviado para encarar o encontro com o Bahia. Ainda sem vencer desde que o seu calendário voltou à normalidade, o plantel botafoguense vai tentando entender as ideias do treinador Mauro Fernandes para reproduzi-las dentro das quatro linhas. O desempenho do time alvinegro, por exemplo, ainda passa longe de ser convincente e inspira muita preocupação. A pouca compactação defensiva, as recorrentes falhas na transição da defesa ao ataque e a pouca sintonia no campo ofensivo ainda chamam a atenção de forma negativa.

Com passaporte garantido para continuar na competição regional, o Belo deve aproveitar os 90 minutos para buscar a segunda classificação seguida para a semifinal do Nordestão. Finalista em 2019, o Alvinegro da Estrela Vermelha busca inspiração nos feitos alcançados no ano passado para, passo a passo, almejar as fases posteriores e as recompensas financeiras que a Copa do Nordeste oferece.

O clube felizardo que avançar de fase, na noite deste sábado, vai embolsar em seus cofres o acréscimo de R$ 375 mil.

Transmissão:

GloboEsporte.com: o Tempo Real da partida começa uma hora antes de a bola rolar no estádio de Pituaçu.

Rádio CBN: a rádio também transmite a partida ao vivo, a partir das 20h, com narração de Décio Freire, Tiago Loureiro nos comentários e Fábio Hermano nas reportagens.

Bahia – técnico: Roger Machado

Em busca da semifinal, o Tricolor de Aço vai poder contar com o retorno do volante Gregore, que cumpriu suspensão automática no duelo contra o Náutico, na última quarta-feira. Com isso, Ronaldo deve voltar a ser opção no banco de reservas. O goleiro Douglas Friedrich se recuperou de lesão muscular, treinou normalmente na tarde dessa sexta-feira e deve estar à disposição do treinador Roger Machado.

Com dores no joelho, o atacante Gilberto se restringiu às atividades fisioterápicas nos últimos dias e é tratado internamente como dúvida para o jogo. Caso não atue, Fernandão está pronto para assumir a responsabilidade de balançar as redes para o Esquadrão. O atacante Rossi, lesionado, continua fora.

Desfalques: Rossi (lesionados)

Dúvidas: Gilberto
Pendurados: Flávio, João Pedro e Rossi

Botafogo-PB – técnico: Mauro Fernandes

Para superar o Bahia, o Belo vai contar com o retorno dos volantes Everton Heleno e Wellington Cézar, que refizeram os seus exames de PCR, receberam resultados negativos e, por agora, estão livres da Covid-19. Com a presença dos dois jogadores, Mineiro deve voltar ao banco de reservas. Juninho, expulso contra o Vitória e que vinha também fazendo a função, fica fora da partida decisiva. Ainda em tratamento de uma lombalgia, Léo Moura segue vetado.

Por Click PB