Os Advogados Dr Carlos Augusto e Dr Josenilson Avelino promoveram ato contra o fechamento da Comarca de Mari

A Comarca de Mari corre sério risco de ser desinstalada a partir da assinatura do Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba que alega necessidade de economia financeira. Essa resolução será votada pelo Pleno do Tribunal e após 25 anos de serviços prestados, a população de Mari poderá ter que se deslocar até a cidade de Sapé onde caso seja confirmada a desinstalação serão distribuídos os processos do Fórum de Mari.

O Ato aconteceu em frente ao Fórum, no último dia 8 e contou com a presença de advogados, políticos, sindicatos, associações, imprensa e moradores de Mari, que participaram de um abaixo assinado com mais de 250 assinaturas onde todos expressam  descontentamento e torcem em favor de que o Pleno seja sensibilizado e reconheça que o Fórum de Mari juntamente com o Ministério Público e a Defensoria Pública são essenciais para o atendimento da população, evitando um retrocesso para o judiciário municipal.

Abaixo assinado, fotos, vídeos, enfim todo o material produzido, será anexado ao pedido de audiência com o presidente do TJ para que a Comarca de Mari não seja desinstalada. A classe jurídica da cidade está unida e esperam representar a população mariense junto ao TJ para que a comarca se mantenha na cidade.

Assista o vídeo da entrevista do Dr Augusto e Dr Josenilson, para a Rádio e TV PB Cidades, e veja fotos do movimento.

 

Da Redação PB Cidades