Bloco infantil Vem Cuidar de Mim desfila em João Pessoa no dia 28 de fevereiro

O bloco levanta todos os anos a bandeira pela aprovação de legislação que permita a cuidadores de crianças com câncer ou outras doenças graves tirar licença pela CLT.

Os foliões mirins desfilarão na quinta-feira de prévias, no dia 28, com concentração às 17h na Rua Rosa Lima dos Santos (Foto: Reprodução)

O bloco infantil Vem Cuidar de Mim sairá pelo terceiro ano consecutivo em João Pessoa. Os foliões mirins desfilarão na quinta-feira de prévias, no dia 28, com concentração às 17h na Rua Rosa Lima dos Santos, bairro dos Bancários, em frente à Escolinha Comecinho do Saber.

Com o tema “A criança é o amor feito visível”, o bloco levanta todos os anos a bandeira pela aprovação de legislação que permita a pais, mães e cuidadores de crianças com câncer ou outras doenças graves tirar licença pela CLT para cuidar de seus filhos, apoiando a tantas famílias espalhadas por todo o Brasil que sofrem o drama do câncer infantil e precisam dedicar amor, carinho e presença a estes “anjinhos” que sequer sabem o que estão passando. Sofrem em silêncio e na inocência dos seus sentimentos.

Instituto Vem Cuidar de Mim

O Instituto surgiu a partir da experiência vivida pelo seu fundador João Eduardo Melo na luta contra um câncer de pelve na sua filha Maria Luiza com apenas quatro anos de idade, que nesta caminhada identificou a extrema injustiça social vivida pelas famílias carentes na busca de seus direitos e na atenção básica aos seus filhos.

Aliou a isso, a expectativa de um grupo de amigos preocupados com a situação de risco pessoal e social, com ou sem deficiência, de crianças e adolescentes da Comunidade do Timbó no bairro dos Bancários em João Pessoa, pois o bairro sofre com o natural aumento do consumo de álcool e drogas, agravando as situações de violência familiar e urbana de uma forma geral.

O projeto permite um ensino complementar as crianças e aos adolescentes. 
Tem como objetivo contribuir para a defesa dos direitos e a inclusão social, educacional e cultural de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade, com ou sem deficiência, moradores da comunidade. 

São oferecidas oficinas socioeducativas de música, canto, dança, artes plásticas, reciclagem, literatura, matemática, esporte, informática, horticultura, educação de trânsito e leitura.

Click PB